sexta-feira, 6 de novembro de 2009

Sobre a polémica final de juniores...

"Segundo o que me contaram agora via telefone, os NN estavam a chegar, e um membro do Directivo (claque do Sporting) avistou-os, a mensagem circulou pela bancada toda, as claques (do Sporting) saíram, foram ao portão e começaram a dizer ''Aqui não entram filhos da put*'', entretanto eles jogaram pedras e as claques (do Sporting) foram à volta para os apanhar mas eles fugiram e os supporters correram atrás deles, entretanto já acalmou um pouco e pedras atrás de pedras na direcção deles e nossa...
Se souber de mais informações direi..."

Isto foi escrito por um adepto sportinguista num fórum leonino enquanto tudo estava a decorrer. Portanto, parece-me claro que, havendo muitos desordeiros e criminosos nos NN, e tendo a clara noção de que eles iam entrar no recinto com o intuito de armar confusão, a ideia que fica é a de que os primeiros a provocar foram mesmo os elementos das claques do... Sporting. O que dá ainda mais força à minha opinião de que o jogo deveria ter sido repetido e nunca, mas nunca, se deveria entregar o título na secretaria. Porque a culpa foi efectivamente das duas partes.

Para quem estiver interessado em confirmar a proveniência deste comentário, aqui fica o link:

http://www.forumscp.com/index.php?topic=15722.360

5 comentários:

Abelourinha disse...

Existem para aí imagens na Net que eu já vi, em que os adeptos do Sporting é que começam a atirar objectos na direcção da entrada dos adeptos do Benfica, mas dou de barato quem começou ou não a atirar pedras, o minimo que se exigia num caso destes era fazerem a restante parte do jogo à porta fechada e penalizarem os dois clubes esta seria a medida mais justa, mas como vivemos em Portugal nada me admira.Os Osgas que fiquem com o campeonato , mas quem o ganhou dentro do Campo foi o SL Benfica essa é que é essa.

Jotas disse...

Concordo com o Abelourinha. O maior mal foi para os jovens atletas.

GIL VICENTE disse...

Caro Bruno Venâncio

Isso agora pouco importa. Já não pode haver alteração da matéria factual.
Pode haver um pedido de nulidade do acórdão, nada mais.
Mas bastava a prova dada como provada para alterar a decisão, para que esta fosse justa. Para mim, apesar de toda a polémica que correu, a decisão justa foi a do conselho disciplinar da FPF.
Porque, como é evidente, a culpa foi das duas claques, em partes iguais e não diferenciadas como o acórdão do CJ.
Só que este aproveitou a prova que lhe interessou para a decisão que lhe interessou também.
É um órgão que não tem qualquer controle e esse é o mal. Faz aquilo que quer e ninguém lhe pode pedir responsabilidades.
Um abraço

www.gloriosasfera.com disse...

Que árbitros devem ser impedidos de ser nomeados para jogos do Benfica?

Participe com os seus votos e divulgue esta sondagem em http://sondagemg01.blogspot.com

Para que a voz dos Benfiquistas seja escutada.

Saudações Gloriosas
A Gloriosasfera
www.gloriosasfera.com

Bruno Venâncio disse...

Eu não concordo com a decisão inicial precisamente porque, como diz o Jotas, ela penalizava apenas os jogadores e treinadores das equipas, que não tiveram culpa nenhuma. Para mim, o jogo seria repetido ou completado noutro dia a designar. Mas logo na altura, claro, e não agora. No entanto, parece que o Benfica vai mesmo levar o caso até às últimas consequências. E acho muito bem. É um campeonato que está em jogo.