sexta-feira, 13 de novembro de 2009

Um post de eleição...

...que encontrei noutro blog benfiquista (Red Pass) e aqui recupero:

Racismo e Complexo de Inferioridade: Eis o Sporting. Forever!

Ontem foi um grande dia para todos os lagartos. Graças a uma conferência de imprensa do seu Presidente a despedir-se do treinador de futebol todos ficámos a saber que no Sporting o treinador demora 4 meses a perceber que está a mais, e mesmo assim o Presidente queria , pelo menos, mais outros 4. Ficámos a saber que no clube de gente diferente há confusão interna, traições, e intrigas, mas tudo diferente do que se passa nos outros clubes.

A passagem mais forte da surreal conferência de imprensa é quando o Presidente resolve responder à pergunta sobre o próximo treinador e afirma que terá de ser do sexo masculino e ... caucasiano!!
Fosse o nosso Vieira a sair-se como uma destas e o país parava. Como foi o presidente da colectividade diferente não se ouve/lê uma única reacção. Nem na comunicação social, sempre branda para aqueles lados, nem dos adeptos leoninos, o que me deixa espantado!
Entre "forevers" e "nevers" o Zé, como o nosso Vieira o trata, falou aos sportinguistas em tom irónico, aborrecido, sério, e... desnorteado.

O Zé entrou a matar no Lumiar. Na noite da sua eleição deu um espectáculo deprimente perante as câmaras de tv e fez questão de saltar muito e gritar bem alto: quem não salta é lampião!
Eu que pensava que o seu antecessor é que dava no Jameson estranhei tal postura mas até sorri com tanto empenho Juve.
Depois atirou-se ao twitter qual teenager deslumbrado. Ficou célebre o desabafo que lá fez sobre o campeonato de juniores. Afinal aí o JEB tinha toda razão. Eu também não sabia que se podiam ganhar campeonatos à pedrada, e o Sporting ganhou mesmo!! Um homem muito à frente a prever já o desfecho do seu primeiro título de futebol.

Mas eu também não sabia que um Presidente leonino podia mandar a Polícia calar os seus próprios associados no seu próprio Estádio e depois corrê-los a tiros! Afinal pode.
Isto enquanto JEB avisa que há terroristas em Alvalade.
Ontem à saída da histórica conferência de imprensa o Zé resolveu que ia responder com violência e com as suas próprias mãos, tirando o casaco, claro, a um adepto leonino que o contestava. Aliás, eu fico admirado como é que a nação leonina ouve meia hora de um discurso que primou pela falta de classe, que tanto é apreciada por aqueles lados, e só um adepto ousou contestar!
Acho que começo a perceber quem é o terrorista. Já não se via uma figura tão triste por Alvalade desde os tempos do "Bigodes".

Como se não chegasse o episódio do racismo no treinador, da violência mal disfarçada, à noite foi a vez do treinador demissionário dizer de sua justiça. Bastou duas ideias para ficar explicado o Sporting e o que ele é.
Paulo Bento fez um favor ao país, aos dedicados adeptos leoninos, e aos rivais, ao explicar que o problema do Sporting se resume a dois pontos:
- falta de cultura ganhadora lembrando que o clube desde 1950(!) só venceu 8 campeonatos
- e o complexo de inferioridade em relação ao Benfica

Isto foi afirmado pelo homem que esteve à frente da equipa do Sporting nos últimos 4 anos. Se fosse eu a dizer isto, que para nós benfiquistas é mais do que evidente, os amigos lagartos espumavam-se.
Mas, caramba, vindo do Paulo Bento acho que para os próximos tempos não há discussões sobre a falta de cultura ganhadora da lagartada. E esta do complexo de inferioridade vinda do próprio treinador vale para aí um meio campeonato para nós, não?

O que me alegra no meio deste fado verde é que o mais lúcido bateu com a porta, e o louco dos cabelos brancos ainda agora está a começar o seu reinado em Alvalade. Promete. Continua Zé!

2 comentários:

GIL VICENTE disse...

Oi, caro Bruno,por onde tem andado?
Ou sou eu que tenho andado desatento?
Até talvez seja esta a verdade porque tenho tido pouco tempo para estar on line.

É um bom post, sim senhor.
Bettencourt bem retratado.

Um abraço

Bruno Venâncio disse...

Caro Gil, como está?

Não tenho tido quase tempo nenhum, é verdade. Consigo (muito dificilmente) tentar fazer os posts com a periodicidade mínima exigida, mas para comentar noutros é preciso ter mais tempo e isso agora não tenho tido, mas vou tentar arranjar, tem de ser assim.

Um abraço