sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Demissão de Carlos Queiroz - um desfecho mais do que esperado

Aconteceu hoje aquilo que devia ter acontecido logo após a eliminação do Mundial: a demissão de Carlos Queiroz e a garantia de que se irão realizar eleições antecipadas na FPF. Eu continuo a achar que é absolutamente ridículo terem deixado as coisas chegar a este ponto, terem esperado que se iniciasse a qualificação para o Euro'2012 com este imbróglio a decorrer. Estava mais que visto que não havia as condições mínimas para Queiroz continuar como seleccionador, mas nem assim o líder da FPF achou que algo tinha de ser feito para se evitar o desastre que está prestes a acontecer. É ridículo. No entanto, tenho de referir que nunca pensei que Queiroz fosse despedido hoje. Julguei que, agora que o circo já havia começado, iriam até ao fim com ele e que o homem ficasse mesmo na selecção até ao fim do contrato.

Agora chovem nomes para o cargo. Se fosse eu a mandar, e porque José Mourinho ou Jorge Jesus estão indisponíveis, o meu escolhido seria Manuel Cajuda, sendo Octávio Machado a sua alternativa. Paulo Bento estaria no patamar imediatamente inferior. Veremos quem Madaíl vai escolher. De salientar que os próximos jogos da selecção são já em Outubro, um deles frente à Dinamarca. Se querem evitar um descalabro, é bom que comecem a agir rapidamente.

4 comentários:

VHugo disse...

Se for preciso ir para lá eu, avisem, estou desempregado!


http://forcamagicoslb.blogspot.com/

Jotas disse...

Tenho pena é que muitos outros, desde o Madaíl, passando pelo tio Amândio e acabando no primo Agostinho Oliveira, não lhe tivessem seguido as pisadas.

sloml disse...

É provável que venha a acontecer nas tais eleições antecipadas. Espero que desta vez apareça mesmo uma lista concorrente que seja melhor que a de Madaíl. Já chega dessa gente à frente da FPF.

Bimbosfera disse...

Ó pá, tinhas que puxar logo a brasa à tua sardinha, não é? Ehehehe! Mas não me choca, o Cajuda. Acho que à frente de Paulo Bento está o «forcado» José Peseiro. Não me parece ser a mesma coisa que Queirós, ou sequer que Paulo Bento. De gente nova prefiro Peseiro. Outra coisa, o facto de estarem a trabalhar é como o outro, se as partes acordarem que saia, força. Duvido é que Mourinho ou Jesus queiram sair de onde estão, isso sim... Mas Manuel José, Cajuda, mesmo o Jesualdo, acho que são bons nomes. Mesmo o Jesualdo. Acho que seria a forma de se redimir da merda que fez no Porto, ao vestir a camisola corrupta com tanto amor e dedicação...

Abraço

Márcio Guerra, aliás, Bimbosfera

Bimbosfera.blogspot.com