quarta-feira, 22 de setembro de 2010

Vítor Pereira, Paulo Bento e afins...

1 - Debruço-me hoje sobre as declarações de Vítor Pereira e consequente comunicado do Benfica. Das palavras do presidente da comissão de arbitragem, surpresa não tive nenhuma. Sabia perfeitamente que aí viriam frases feitas, com as mesmas justificações de sempre para os erros dos árbitros, "que são humanos" e tal. Destaco a explicação dada para a não marcação do penalty a favor do Rio Ave, com o Porto, por ter sido na "zona cinzenta do relvado" (o auxiliar estava completamente de frente para o lance, mas ok, vamos todos entender o que será a zona cinzenta...). Sobre o nosso jogo em Guimarães, teve a hombridade de admitir que o penalty sobre o Carlos Martins nos foi roubado, tal como o fora-de-jogo do Saviola. No do Aimar, as desculpas esfarrapadas de sempre: o jogador pontapeia Aimar e depois a bola e no campo era muito difícil perceber...

Depois disto, o Benfica emitiu um novo comunicado que, mais uma vez, trouxe ao de cima a nossa veia cândida e anjinha. O desejo manifestado de que a conferência de imprensa do Vítor Pereira "tenha um efeito pedagógico junto dos árbitros e observadores" para que "o futuro próximo do futebol português traduza uma melhoria significativa no nível global das actuações das equipas de arbitragem" é uma frase inenarrável, de tão pura e angelical. Mas esta parte é a melhor: "Assinalamos a coragem que teve por assumir erros que influenciaram resultados de vários jogos e penalizaram gravemente o Sport Lisboa e Benfica, confirmando, dessa forma, que a actual classificação da Liga está adulterada". Realmente, o Vítor Pereira teve uma coragem bárbara ao assumir 2 erros que todo o mundo viu. Falar sobre os lances que têm contribuído para o Porto só ter vitórias, isso nada. Era o querias... Agora referir-se a 2 lances que só um cego diria que não nos prejudicaram, isso é um acto de uma coragem extrema. Enfim...

"O Sport Lisboa e Benfica limitou-se a expor factos, nunca pretendeu qualquer tratamento de favor, mas não compreende como é que as “zonas cinzentas” apontadas pelo presidente do Conselho de Arbitragem podem explicar tantos erros de arbitragem, nomeadamente o lance de andebol ontem ocorrido na Madeira." Este sim, o melhor trecho do comunicado. Aqui finalmente se chamou os bois pelos nomes, mas mesmo assim só falando do penalty não assinalado no Nacional-Porto. E os lances iguais em dias seguidos no Naval-Porto e no Benfica-Académica com juízos diferentes? E a roubalheira que deu a vitória ao Sporting na Naval? Onde estão as nossas críticas em relação a isso? Ficaram na gaveta, mais uma vez. Triste caminho que o nosso Benfica levou. Se tivéssemos uma direcção de comunicação decente, nada disto se passava. O Benfica falava da arbitragem em todos os jogos, pressionava, como fazem treinadores campeões como o Mourinho e o Alex Ferguson. A ideia não é sermos beneficiados, é apenas não sermos prejudicados, é as arbitragens passarem a ser totalmente isentas, ao invés do escândalo que tem sido este início de campeonato. O Mourinho e o Ferguson fazem isso em todos os jogos, ganhem ou percam eles vêem sempre lances que os tenham prejudicado e atiram isso à cara dos árbitros e dos jornalistas. O Benfica, pelo contrário, é constituído por anjinhos que como ganharam um campeonato ficaram totalmente deslumbrados e a achar que a partir de agora era tudo favas contadas. Santa incompetência. Enfim...

2 - Entretanto foi nomeado um novo seleccionador nacional. Confesso que a escolha de Paulo Bento me agrada. O único treinador que gostava de ver a sério naquele lugar era Mourinho. Não podendo ser ele, e com o risco que corremos de falhar o Euro'2012, não podíamos estar a escolher um qualquer treinador estrangeiro. Portugueses, apostaria primeiramente no Manuel Cajuda, mas a opção de escolher um treinador jovem mas com pulso firme ganhou, razão pela qual o Paulo Bento não me choca. Fez um excelente trabalho no Sporting, pecando apenas por ter ficado lá tanto tempo. Se só sabe jogar no famoso losango? Vamos ver o esquema que vai adoptar na selecção. Com Cristiano Ronaldo, Quaresma, Varela e Nani em forma, não me parece que abdique de jogar com extremos. Se não vai chamar o Carlos Martins? Ele deu a sua resposta a essa pergunta hoje e sinceramente sempre tive essa impressão dele, a de que se podia dar mal com um jogador num determinado contexto e noutro completamente diferente pôr isso para trás das costas. Acredito sinceramente que é isso que ele vai fazer e que o Martins vai voltar à selecção, até porque é dos jogadores que mais o merece actualmente. Sinceramente, penso que poderemos retomar o trilho das boas exibições e garantir a presença no Europeu. Pelo menos assim o espero.

10 comentários:

Mantorras disse...

Caro sloml, boa análise. Partilho a mesma opinião. O Benfica foi demasiado angelical. A nossa liga está corrompida até às "orelhas". Só não vê, quem não quer. Dificilmente o Porto não ganhará os seus jogos. Eles têm tudo controlado. Jogar bem não chega para ganhar títulos em Portugal, temos de agir. Deixemos de ser anjinhos. Temos de falar sempre, criticar, boicotar idas a outros estádios, romper contrato com a SportTv, etc. Isto acontece há anos, não pode continuar assim, sob pena de acabarem com o futebol em Portugal.

Temos de ir à luta.

Saudações Benfiquistas!

Manuel Oliveira disse...

Amigo Sloml, sobre o V.Pereira e o comunicado sabes o que penso pois ficou expresso no Blog. Quanto a Paulo Bento não seria a minha escolha neste momento delicado, mas ... vamos esperar para ver!

Abraço.
Blog do Manuel

Berrante De Encarnado disse...

Não nos calemos nesta nossa luta pela verdade, lutemos contra este nojo que reina há 30 anos no futebol, onde ninguém pode ganhar duas ligas seguidas, sem ser os corruptos de sempre. LUTEMOS CONTRA ESTA MENTIRA, já que os Lagartos, burros, não o querem fazer.

NOVAS CRÓNICAS, REPONDO A VERDADE:

http://encarnadoberrante.blogspot.com/2010/09/cronica-repondo-verdade-rui-oliveira-e.html

Cumprimentos

BENFICA SEMPRE!

Vitor Hugo disse...

Eu também já tentei encontrar desculpas dele para os benefícios ao Porto, mas nada. Vamos ter de levar com eles.
Quanto a Paulo Bento acho uma boa opção, pelo menos a equipa passa a ser novamente das melhores do mundo no futebol sem balizas...

http://forcamagicoslb.blogspot.com/2010/09/reys.html

Bimbosfera disse...

Boas. Concordo, começando pelo fim, que me parece que Bento convocará Martins, ou Varela, e colocará os interesses do grupo acima dos dele. Podem ser só palavras, para já, mas até ver acredito.
Acredito que Madaíl se possa ter servido de Mourinho como cortina de fumo para contratar Bento e ter mais unanimidade do que se fosse primeira opção, como diz o Gobern no Record.
Além do Mourinho havia outro que fazia bem o lugar, mas de momento tem mais em que pensar, que é colocar o nosso clube no primeiro lugar de novo.
Há outro, apesar de tudo, que vejo com perfil para seleccionador, mas que, como os outros, não será consensual, Jesualdo, e não o vejo sequer a pegar nas coisas nesta forma, correndo o risco de falhar o apuramento.
Sobre o Paulo Bento, acho que servirá, na mesma, para os merd*sos que lá estão há mais de 20 séculos lá continuarem, parecendo que por mudar o seleccionador para um novo, se muda toda uma estrutura e fica como nova. Rua com Madaíl, Amândios, tudo... Já chega, por favor!
Quanto ao Benfica, porra, nada a acrescentar ao que disseste, há que os pressionar, sempre, quer se ganhe, quer não, sob pena de parecer que só nos queixamos quando perdemos! Realmente é só isso que temos feito. Há que gritar, porra!
De resto, acho que nisso a Benfica TV tem um papel muito importante, que muitos ainda não vêem, mas vou tentar, no futuro, explicar isso a quem de direito para ver se serve como arma de defesa efectiva do nosso clube, sem ser só lavar roupa suja ou ouvir escutas! Mais novidades no futuro!

Abraço

Márcio Guerra, aliás, Bimbosfera

Bimbosfera.blogspot.com

João Magalhães disse...

Quanto ao Paulo Bento penso que é o k precisamos neste momento. Um homem integro e frontal, com todos os seus defeitos e virtudes.
Queria lhe deixar umas perguntas sloml:
1 - Que acha da ideia do Vilas-Boas de pedir para repetir o jogo?
2 - Parece k o Baía se manifestou disponivel para a federação. K acha disso?

sloml disse...

Márcio, parece-me que afinal todos nós temos algumas preferências estranhas. Eu gostava de ver o Octávio Machado na selecção e costumo ser gozado pelos meus amigos quando lhes digo isso (eu considero-o um bom treinador, que querem fazer?). Tu, por outro lado, apostavas no... Jesualdo, um "mister" em que não encontro grandes qualidades, sinceramente. Mas lá está, cada um tem a sua pancada...

Sobre o que dizes depois, concordo, obviamente, mas já sabemos que tem de ser uma coisa de cada vez. Para já tratou-se (e bem) da questão do seleccionador. Depois levar-se-á a cabo a mais que necessária remodelação (espero eu).

João,

1 - Acho que não seria viável (já se verificaram alguns pedidos do género no passado - ainda na época passada, no Braga-Guimarães - e nenhum foi atendido), mas acima de tudo isso foi apenas uma provocação do treinador do Porto, que sinceramente cada vez me convenço mais que não consegue viver sem o Benfica, pois em todas as conferências de imprensa que dá nós somos o assunto dominante, mesmo estando a 9 pontos. É bom: significa que afinal continuamos no pensamento do seu clube.

2 - Acho que era o fim da picada se o Baía fosse o novo presidente da FPF. O Porto já tem um seu adepto e ex-dirigente na presidência da Liga e dois seus ex-jogadores como directores-desportivos de 2 concorrentes directos (além do presidente do Braga, que é dragão de ouro). Acho que só faltava mesmo um símbolo portista assumir a presidência da FPF para o quadro ficar completo.

Bimbosfera disse...

Olá de novo, Sloml.
Nem é que eu prefira o Jesualdo, mas, se ele realmente se diz «não corrupto» depois de 4 anos ali nos corruptos, acho que seria a hipótese dele se mostrar «não corrupto».
Ele teve percurso nas Selecções, foi 3 campeão em Portugal, é reconhecido, apesar de se saber onde é que ele ganhou os títulos, e por isso creio que poderia ser um nome mais consensual, mas, como nem nunca foi no Benfica, nem no Porto, nem para o Sporting, com quem teve sempre menos afazeres (se calhar até gostam dele, pois foi com ele que ganharam duas Taças de Portugal, e Super-Taças, creio eu, com Bento no Sporting...) e por isso poderia ser menos criticado, ou levar melhor com as críticas.
Não é nenhum portento da táctica, mas as suas equipas também não são assim tão más, e, mesmo no Benfica, teve um arranque bastante decente, com 3 vitórias, creio, nos primeiros 3 jogos, ou 3 ou 4, já não me lembro, e não digo 4 para não errar, mas começou bem, mas lá está...
Estamos bem (??) assim, mas vamos ver o que isto dá!
No resto, concordo contigo!

Abraço

Márcio Guerra

João Magalhães disse...

Boas sloml,

Permita-me colocar-lhe algumas questões. Pelo que diz o importante é as pessoas não terem clube. Serem profissionais nao interessa? O presidente do braga pode ser dragão de ouro, isso impediu-o de levar o braga à frente do porto na época passada? O fernando santos é benfiquista, isso impediu-o de ser campeao no porto e sporting? Não me parece que o clube das pessoas seja assim importante.

Descupe-me que lhe diga mas esse argumento é daqueles que são ditos esquecendo-se que tiveram o cunha leal na liga... Pensei que avaliasse as pessoas pelo profissionalismo e não pelo clube que representaram ou que gostam... Assim sendo tb poderia avaliar o seu trabalho pelo seu clube, acha justo? Não, pk embora seja benfiquista acredito que seja profissonal....

sloml disse...

João, tem razão no que diz, mas a verdade é que da maneira como as coisas estão, colocar o Vítor Baía (que nunca deu provas nenhumas como dirigente, atenção) à frente da FPF era detonar por completo a bomba que há muito espera para explodir. Sinceramente, não me parece que fosse sensato. Mas vamos lá ver.