segunda-feira, 15 de março de 2010

Nacional 0 - 1 Benfica - 23ª Jornada 09/10

Ganhámos um dos jogos mais difíceis que tínhamos até ao final da época. Sempre o defendi, e continuo a ter a mesma opinião. Num campo tradicionalmente muito difícil para o Benfica, e no meio de um ciclo terrível para nós, esta vitória significou muito mais do que apenas 3 pontos. Significou a manutenção da liderança, significou a manutenção de 3 pontos sobre o Braga, o que nos deixa em clara vantagem para o encontro de daqui a 2 semanas, e significou um balão de oxigénio moral para os nossos jogadores. Agora não tenho grandes dúvidas: se ganharmos ao Braga, só um cataclismo nos impedirá de ser campeões, embora continuem a estar 18 pontos em disputa e fiquemos apenas com 6 de vantagem. Mas, com a força e o talento desta equipa, não me parece que nos deixemos soçobrar perante as adversidades, embora o calendário continue a ser muito complicado: deslocações à Naval, Coimbra e Porto e recepções a Sporting, Olhanense e Rio Ave. Não é pêra doce. Mas uma das mais amargas já nós comemos hoje.


Não foi um jogo com grande qualidade técnica, com grandes pormenores de classe, com o toque de requinte habitual da nossa equipa. Foi um jogo de guerreiros, à semelhança do encontro em Vila do Conde, e, tal como aí, foi um pormenor a decidir o jogo. A jogada do golo é muito boa, desde a abertura de Saviola à jogada de Ruben Amorim pela direita, culminando com o passe cirúrgico para Cardozo. De mestre.


Na primeira parte, já tinha havido um bom lance de Saviola, que só não deu golo por muito pouco. Depois do golo, pouco há a dizer. A equipa teve a atitude que tinha de ter, defendendo bem à frente da sua área e não concedendo veleidades aos atacantes do Nacional. Na equipa madeirense, embora ninguém se tenha destacado, parece-me que o jogador mais em acção acabou por ser o ponta-de-lança Edgar Silva. Que, curiosamente, tem 10 golos marcados na Liga e que, também curiosa e estranhamente, não era titular há umas 5 jornadas. Coincidências. Quanto ao lance do penalty, obviamente que não o podia deixar passar em claro. Pelo que me é dado a ver pelas imagens, não há qualquer falta. Mas só Deus sabe o quanto eu rezei para o Cardozo falhar aquele penalty. Estou farto de conversas estúpidas dos anti-Benfica sobre andores e colinhos e supostas ajudas ao Benfica, já enjoa. Portanto, ainda bem que Cardozo falhou aquele penalty e que ganhámos de forma absolutamente legal. É só isso que me interessa. Ganhar bem, de forma legal e no campo.

E assim, de forma legal e perfeitamente justa, ganhámos mais uma das finais que faltavam, num ciclo absolutamente terrível que já escalpelizei acima e noutros posts anteriores. O Benfica continua com muita vitalidade, a jogar bem quando é possível e mais em esforço quando tem de ser, e tem ganho muitas vezes, o que é fantástico. Agora, teremos o interregno na Liga, mas muito se vai decidir durante esse interregno. No próximo fim-de-semana, temos uma final, a da Taça da Liga, com o Porto, mas já esta quinta-feira há outra "final", contra o Marselha, e eu ainda acredito que vamos ganhar no Velodrôme. Acreditemos todos e será possível! Para já, é nesse objectivo que todos nos temos de focar. Viva o Benfica! Rumo à 1ª Liga Europa (e ao 32º!).

O golo de Cardozo aqui:

8 comentários:

Manuel Oliveira disse...

O jogo, embora sem grandes primores técnicos, foi bom e emotivo.
Concordo contigo, se ganharmos ao Braga o título dificilmente nos escapará.
Abraço SLOML.

Vermelhusco disse...

Foi um jogo dificil, mas na minha opiniao apenas porque o benfica nao teve tempo para recuperar do desgaste com o Marselha e o Nacional jogou fechado na defesa.

Notou-se o cansaco nos jogadores nas inumeras vezes que o ultimo passe nao saia bem, quer porque faltavam pernas a quem ia receber o passe como a quem passava.

Gostei muito do Ruben Amorim neste jogo e do Saviola. O Ruben esta um senhor jogador e o Savoila compensou o jogo menos bom do Aimar (embora tenha melhorado em relacao ao jogo com o Marselha).

Este para mim era um dos dois jogos mais importantes deste "ciclo infernal". So falta o de Braga.

O Benfica este ano TEM de ganhar o campeonato. Como tal vencer o Nacional e o Braga era crucial.
O Benfica nao TEM de vencer a Liga Europa como tal os jogos com o Marselha nao podem ser prioritarios. Mas como vamos ter uma semana para preparar o jogo com o Braga o JJ pode por a carne toda no assador contra o Marselha. Tambem acredito que vamos passar!

magalhães.Sad.SLB disse...

Boa análise. Força Benfica!!!

Saudações Gloriosas
RF
Magalhães-SAD-SLB

Cantinho do Morais disse...

Mais uma grande demonstração de Grandeza e Qualidade futebolística. A dificuldade do jogo não estava só no adversário. Estava, também, na ressaca do jogo de quinta-feira, onde vi, pela 1ª vez, um Benfica sem o controlo do jogo e jogando o que o adversário permitia. Face a isto e ao penalty falhado por Cardozo, obter-se uma vitória nestas condições não está ao alcance de todos.

No próximo jogo, uma vitória do Benfica, resolve o campeonato.


http://cantinhodomorais.blogspot.com/

Bimbosfera disse...

Boas rapaziada!
As considerações do penalty, no meio disto tudo, são, nestes tempos, as principais, pois valorizar uma vitória nossa, sei lá, tirando mesmo o Cantinho e mais um ou outro, que eu conheça, não se valoriza. Não há, neste momento, azia maior do que a dos antis por não nos verem cair. Não me refiro naturalmente ao Cantinho e a mais um ou dois, como disse, apenas os antis. Quanto ao penalty em si, Sloml, se só tiveste as câmaras que eu tive, e como eu, quem viu a transmissão como eu vi, (net) mas via SportTV, não pode afirmar peremptoriamente que é ou não. Não é por causa dos antis que vou agora deixar de reclamar penalties a favor da minha equipa só porque «ficam chateados»... E mais, agora já sei de quem foi a culpa do Cardozo falhar, foi tua! Hás-de cá vir! Ele que tenha que marcar em Marselha e que não passemos por ele falhar! Vai ser culpa tua! Eehhehe!
Em relação ao jogo... Bem, não sei se é cansaço. Sei que alguma coisa se passa... Ou melhor, passa mal! O que quero dizer é que uma das características mais fortes desta equipa, controlo de bola não a meio campo, mas no meio campo adversário está má. Há maus passes. Aimar, que deveria ser o homem «for the job» não está lá... Ou seja, falta capacidade de passe na zona intermédia da equipa, e a equipa ressente-se. Daí que depois compensações, desiquilibrios, não sejam só no adversário, mas também em nós. Como não sou técnico na área, poderá mesmo ser o que Jesus diz, apenas fadiga. E para a fadiga o remédio é descanso, e no entanto hoje treinam de novo... Sei lá! Uma folga... Ou se calhar não. É a profissão deles, e é para ver de que massa é que são feitos.
Volto só a referir, por acaso, o que João Pinto diz na crónica, que concordo há imeeeenso tempo que é, Cardozo não marca. Não há sangue frio, não marca. Não por ele, não pelo técnico, não pelos adeptos (bem, pelos adeptos também, que não há coração que resista!) mas pela equipa, a equipa em primeiro lugar. Percebo que ele queira ser o melhor marcador do campeonato, mas agora há que dar corda aos sapatos mas é para ganhar... Notas técnicas e artísticas já ficaram para trás! Faltam 7 jogos, se vencermos o próximo podemos abordar os 4 que faltam para ser campeões com outro ânimo! Quatro porque depois de Braga 4 vitórias e é nosso! A conversa cá para fora é uma, mas aposto que eles querem que este ciclo não termine, e que venham já esses 5 jogos, Braga incluído!

De resto, boa crónica, e só acho, acho, como sabes não é nada pessoal, é que não devêmos ser «mais papistas do que o Papa» no que toca á nossa imparcialidade. Ainda para mais, como já disseste noutras alturas, aqui é um blog de opinião Benfiquista. Não é para o Cantinho, nem nada disso, que ele também discute futebol como deve ser, mas o que me refiro é por causa dos antis que aqui aparecem só para azucrinar o juízo a um gajo. Se só viste as imagens que eu vi, não há certeza de ninguém sobre se foi ou não, logo, deixa essa certeza. Quando quiserem câmaras a ver-se tudo discute-se se foi ou não! Atenção, eu quero, mas ninguém pode jurar a pés juntos que não foi!

Abraço

Márcio Guerra, aliás, Bimbosfera

http://Bimbosfera.blogspot.com

P.s.- Já agora, se entras nessa onda ainda vêm dizer que o golo foi fora de jogo, coisa e tal, e já vi imagens a mostrar que está bem atrás da linha, mas as imagens do campo são fracas... Se não comentas arbitragens não entres nesses esquemas. Sei que gostas da verdade em primeiro lugar, mas aqui, do que eu vi, a verdade é incógnita! Abraço!

sloml disse...

Agradeço a todos pelo comentário mas principalmente ao Cantinho, pois cada vez me surpreende mais a sua isenção e capacidade de ver futebol. Fosse toda a gente assim e seria um mundo bem melhor.

Márcio, eu tenho quase a certeza que se fosse ao contrário estaríamos todos a dizer que tinha sido um penalty inventado para beneficiar o Porto. Portanto, sendo imparcial embora defendendo sempre o Benfica, considero que devo seguir a mesma linha de raciocínio, e como a mim não me pareceu minimamente que fosse penalty, fiquei contente por ele falhar. Mas continuei a acreditar que chegaríamos ao golo. Como chegámos.

Abraço a todos

Anónimo disse...

Pelo que é dado ver a falta existe mas o c ontacto é fora da área, logo era livre directo. Mas logo a seguir há outro lance com o mesmo david Luis em que é empurrado com o braço nas costas (dentro da área) e nada é marcado, digam o que disserem esse sim era penalti.

Agora para aqueles que aqui e noutros blogs atacam o Cardozo com a premissa de que se ele convertesse o penalti o resultado ficaria em 2-0, desenganem-se. Se o penalti tem entrado , entre festejos, bola ao centro e mudança completa de estados anímicos numa e noutra equipas (e já agora na da arbitragem) o golo imediatamente a seguir nunca aconteceria e a situção até poderia tornar-se favorável ao Nacional.
Meus amigos as coisas são como têm que ser e o tacuara é e será o nosso marcador de penaltis e escrevam aí que não vai ser por isso que vamos deixar de ganhar o que quer que seja.
Benfica sempre/carrega Benfica
Cumps

Bimbosfera disse...

Por acaso esse seguinte não vi, e referi-me ao barulho do primeiro. Sloml, é apenas a minha opinião, mais nada! Acho muito bem que a verdade desportiva venha ao de cima. Espero não ter dado ideia contrária.
Os estados de espírito sim, se calhar não acontecia o outro golo, e é bem bonito.
Quanto ao Cardozo a marcar continuo a achar que neste momento a equipa está em primeiro lugar, só isso, mas é bom ver as opiniões a serem discutidas!

Abraço

Márcio Guerra